Nokia anuncia celular com camera com nada menos que 41 megapixel!

Havia muita curiosidade aqui em Barcelona sobre o anúncio do sucessor do Nokia N8, e o trailer divulgado na semana passada deixou todo mundo mais apreensivo. Os rumores se materializaram agora há pouco na forma do Nokia 808 PureView, uma câmera disfarçada de telefone com um calombo nas costas que esconde um sensor de “41 MP pixels”. Para mostrar o poder do rei das câmeras em celular, no lugar da coletiva havia pôsteres de 2 metros de largura que eram na verdade fotos tiradas com o novo aparelho, ampliadas. Quarenta e um megapixels. Em um Symbian. Vamos tentar entender.

Antes de qualquer coisa, sabemos que mais pixels não quer dizer muita coisa, e a própria Nokia toma cuidado com isso na hora de explicar o funcionamento do PureView. O que o novo sistema de imagem dele (com novas lentes Carl-Zeiss) faz é juntar a informação “crua” tirada pelo sensor de 41 MP e produzir uma imagem “juntando pixels”: cada ponto da foto final na verdade é a junção de 7 pixels. Em outras palavras, as fotos com melhor qualidade de imagem terão 5 MP. Mas o Nokia 808 também é capaz de produzir imagens em 8 e 38 MP (o máximo, 7152 x 5368 em 16:9). A ideia de registrar a imagem no tamanho máximo é poder fazer um recorte depois ainda com bastante resolução, mas imaginamos que dessa forma apareça mais ruído.

Como filmadora ele também é capaz de filmar em Full HD e captura áudio em “qualidade de CD”, pelo que prometeu a Nokia. Como celular não houve muita evolução. Ele é um aparelho de resolução nHD (640 x 360), 512 de RAM e um processador 1,3 GHz. E roda Symbian, que dá pro gasto e faz tudo que você precisa, mas decisivamente de maneira mais lenta e menos atraente que qualquer concorrente. Todo mundo na coletiva suspirou com a informação do sistema operacional, e a primeira pergunta foi “por que não um Windows Phone?”. Os executivos da Microsoft explicaram que o novo sensor apareceu no PureView primeiro porque eles estavam trabalhando na tecnologia “há algum tempo” — imaginamos que antes do acordo com a Microsoft, mas enfatizaram que eles estão trabalhando para trazer o mesmo sensor para outros dispositivos no futuro.

Em outras palavras, o 808 PureView é uma demonstração de tecnologia, prova de conceito da Nokia que deve atender a um nicho específico. Ele chega ao mercado europeu em maio por 450 Euros, sem previsão do Brasil ainda.

fonte Gizmodo